Testosterona Archive

Como produzir mais testosterona sem colocar sua saúde em risco

testosterona desempenha um papel importante na vida dos homens, já que regula as principais características que os identificam. Existem vários métodos distintos para aumentar a produção deste hormônio, aqui explicaremos como produzir mais testosterona.
como produzir mais testosterona

A primeira coisa a esclarecer é que para aumentar a produção deste hormônio é necessário detectar se o nível de testosterona está realmente baixo. Já que muitas vezes não é necessário aumentar seus níveis.

Por que é necessário aumentar os níveis de testosterona?

Altos níveis de testosterona podem gerar muitos benefícios para o organismo, alguns dos mais importantes são:

  • Melhor rendimento na intimidade
  • Maior energia
  • Melhor desenvolvimento muscular
  • Melhor estado de ânimo
  • Acelera o metabolismo

Estas são os sinais que o corpo dá quando os níveis de testosterona são adequados. Se acreditar que necessita melhorar a produção deste hormônio, existem alguns métodos naturais.

Leia abaixo como produzir mais testosterona e aproveite os benefícios que ela traz!

Consequências de não ter níveis adequados de testosterona

Quando os níveis de testosterona estão baixos, o homem experimenta vários sintomas bem específicos como, por exemplo:

  • Desânimo extremo
  • Gordura acumulada na cintura e no tórax
  • Metabolismo lento
  • Depressão
  • Disfunção erétil

Como produzir mais testosterona

É possível remediar os níveis baixos de testosterona com a ajuda de suplementos alimentícios naturais, correta alimentação ou com a ajuda de determinados exercícios físicos.

A melhor maneira é com a ajuda de suplementos alimentícios naturais que impulsionam a produção natural deste hormônio, sem a necessidade de usar esteroides ou medicamentos que colocam a saúde em risco.

Estes suplementos podem ser adquiridos em lojas de produtos naturais ou pela internet, o importante é que realmente sejam 100% naturais, do contrário podem colocar sua saúde em risco.

Como produzir mais testosterona naturalmente?

A alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos regulares ajuda a melhorar os níveis de testosterona, tanto em homens como em mulheres. Se você combinar os dois, seu sucesso será certo.

É possível aumentar a testosterona com uma dieta adequada

Agora que você já sabe como produzir mais testosterona através de suplementos alimentares, é bom saber também que com o consumo de determinados alimentos é possível obter resultados ainda mais eficientes. Isso acontece porque com a ajuda dos nutrientes corretos os níveis de testosterona aumentam.

Os melhores alimentos para aumentar a testosterona são:

  • Aqueles cujo teor de potássio é elevado, como as bananas, por exemplo.
  • Alimentos ricos em zinco, como feijão e ostras.
  • Aumentar o consumo de atum.
  • O consumo de proteínas deve ser maior que o costumeiro.
  • O alho também é uma ótima escolha se você está querendo saber como produzir mais testosterona.

A atividade física também é importante

O exercício físico constante é uma maneira eficiente de remediar os níveis baixos de testosterona, portanto quanto mais intenso é o exercício, maior a quantidade de testosterona produzida no organismo.

O segredo está em fazer rotinas curtas de muito peso, desta maneira conseguirá níveis mais elevados na produção deste hormônio.

Mãos à obra!

Agora que você já sabe como produzir mais testosterona usando técnicas que não colocam sua saúde em risco, experimente as opções e descubra qual melhor se adapta a você e seu corpo. Combine as três (o suplemento alimentar, a dieta saudável e a prática de exercícios físicos) para um resultado mais rápido e eficiente!

Como a calvície e a testosterona estão relacionadas?

São muitas as possíveis causas da calvície, desde uma condição congênita até o excesso de estresse. Porém, saiba como se relacionam a testosterona e a calvície. A seguir explicamos. Existe um velho mito de que o excesso de testosterona seja a causa da calvície em alguns homens, é por isso que muitas mulheres consideram atraente esta deficiência de cabelo.testosterona e a calvície

A testosterona e a calvície

Este mito tem pouca base científica, porém a verdade é que se o homem for sensível a este hormônio, pouco a pouco irá afetando o crescimento do cabelo. Primeiro debilitará os pelos, deixando-os mais finos e pouco a pouco cairão.

Portanto, não importa a quantidade de testosterona que o homem produzir, se em sua informação genética existir a sensibilidade do folículo capilar, a di-hidrotestosterona (testosterona), a queda de cabelos será inevitável.

A calvície e os esportes

Outro mito que existe em torno da calvície é de que ao realizar determinados exercícios físicos de alto impacto regularmente, o cabelo pouco a pouco começa ficar debilitado e acaba caindo.

Isso aconteceria devido a alta produção de testosterona, resultado do treinamento pesado, porém realmente esta não é a causa. Como foi dito anteriormente, a testosterona e a calvície somente estão relacionadas se esta informação estiver presente no DNA.

É possível evitar a calvície?

Sim, adotando medidas necessárias e usando suplementos alimentícios corretos, a calvície não tem que apresentar um problema.

A calvície e a alimentação

Uma alimentação carente de nutrientes necessários pode resultar na queda de cabelos, por isso é importante prestar atenção à sua alimentação.

É necessário incluir a proteína adequada e procurar não abusar da comida gordurosa. Quando levar em conta estas indicações é possível evitar a queda dos cabelos.

A calvície e o estresse

O estresse pode ser um causador da calvície. Hoje em dia o estresse é algo comum, o excesso de trabalho é uma das principais razões, por isso preste atenção e não exponha seu corpo ao extremo de responsabilidades e preocupações.

É importante também dormir o tempo suficiente e evitar os excessos de qualquer tipo, o segredo para evitar a calvície está na capacidade de manter uma vida equilibrada.

Outras causas da calvície

A queda de cabelos pode estar relacionada com outras causas que precisam de tratamento médico, como enfermidades autoimunes, deficiência de ferro, traumatismos, quimioterapia ou descontrole hormonal.

Apesar de ficar claro que os suplementos alimentícios naturais são altamente eficazes para evitar a queda de cabelos, sempre é necessário consultar um profissional quando o problema se apresentar.

Conclusão

Agora já sabe como a testosterona e a calvície estão relacionadas. Fique tranquilo, pois a calvície não tem nada a ver com a quantidade de testosterona que produz.

Para que serve a testosterona no organismo?

Este hormônio é encarregado da saúde nos homens. Ele começa a atuar desde o momento da gestação, como integrante importante da sua estabilidade. Neste artigo vamos explicar para que serve a testosterona.

Para que serve a testosterona em cada etapa da vida?explicar para que serve a testosterona

Durante as diferentes etapas da vida do homem, a testosterona interfere de maneira importante para determinar o seu desenvolvimento correto.

Antes do nascimento

Desde o momento da gestação, a testosterona se encarrega de desenvolver as glândulas sexuais masculinas e os genitais masculinos do feto e desenvolve também a identidade do gênero.

Durante a primeira infância

Os efeitos da testosterona nesta etapa da vida são os menos entendidos por parte dos especialistas, já que nos primeiros dias de vida os níveis deste hormônio aumentam de maneira significativa, porém sem apresentar maiores mudanças ou efeitos na criança.

Fala-se até de uma possível “masculinização do cérebro”, porém esta premissa não tem sido investigada a fundo.

Durante a pré-adolescência

Nos anos de vida entre os 8 aos 14, é possível perceber como a produção deste hormônio começa a causar certos impactos no organismo, os principais efeitos deste hormônio nos pré-adolescentes são:

  • Começa a gerar odores fortes e sudorese
  • Surgimento de acne
  • Surgimento de pelos púbicos e nas áxilas
  • Aceleração do crescimento ósseo
  • Surgimento de pelos no rosto e no peito

Durante a puberdade

Durante a puberdade os níveis de produção deste hormônio se elevam o suficiente para que ocorram as mudanças mais significativas no corpo masculino.

A etapa da puberdade pode durar entre 2 a 5 anos e este processo ocorre um pouco mais tarde nos homens do que nas mulheres.

  • Crescimento do pênis
  • O crescimento dos pelos púbicos se estende até aos músculos acima do umbigo.
  • Pelos faciais (rosto, costeletas e bigode)
  • Pelos no peito
  • A voz fica mais grossa
  • Aumento na força e na massa muscular
  • Já se pode notar o pomo de Adão
  • Os ombros ficam mais largos

Estas são algumas das funções e efeitos da testosterona no organismo durante a puberdade, como podem notar, ela desempenha um papel muito importante.

Para que serve a testosterona na sua sexualidade?

Tanto em homens como em mulheres, a testosterona é essencial na sexualidade, pois ela é a responsável por criar o desejo sexual.

É por isso que durante a puberdade, quando os níveis de testosterona estão mais elevados, é que se procuram as primeiras experiências sexuais.

Já, por outro lado, quando esse nível está muito baixo, a libido sofre as consequências.

Testosterona: efeitos no corpo masculino

Quando entendemos os efeitos da testosterona no corpo fica mais fácil saber quando é necessária sua reposição. Caso você suspeite que está sofrendo de com um baixo nível de testosterona, procure a ajuda de um especialista, que saberá indicar o melhor tratamento.

Durante a idade adulta

Durante a idade adulta, a testosterona se encarrega de regular as seguintes funções:

  • Potência sexual
  • Fornecimento de energia física e mental
  • Regulação do metabolismo
  • Necessária no desenvolvimento dos espermatozoides

Mistério resolvido!

Quando entendemos para que serve a testosterona, muitas dúvidas e questões são esclarecidas sobre o desenvolvimento do corpo humano e a razão pela qual diferentes comportamentos são gerados pela produção hormonal.

A testosterona desempenha um papel importante no desenvolvimento humano, por isso quando a produção deste hormônio estiver afetada ou diminuída, podem surgir como consequência diferentes transtornos e enfermidades, como por exemplo: a disfunção erétil.

Agora que você já sabe quais são os efeitos da testosterona no corpo, sabe também da importância que ela tem no seu organismo. Se você desconfia que precisa aumentar o nível desse hormônio, existem diversos métodos naturais para fazê-lo. Informe-se!

Quanta testosterona um homem produz?

Para saber a quantidade de testosterona que um homem produz é necessário levar em consideração fatores distintos que podem interferir no processo de produção. A testosterona é o hormônio mais importante que os homens produzem e, graças à sua produção, o homem desenvolve suas características masculinas mais destacadas.quantidade de testosterona que um homem produz

Apesar de este hormônio anabólico ser produzido nos testículos, é o cérebro que se encarrega de controlar a quantidade de produção do mesmo.

Características de uma produção regular de testosterona

Um homem que produz a quantidade de testosterona necessária apresenta certas características positivas, como as seguintes:

  • Baixos níveis de colesterol
  • Bom desempenho sexual
  • Poucos depósitos de gorduras localizadas
  • Energia e força
  • Pelos faciais e corporais

Muitos homens acreditam que a produção de testosterona nunca vai diminuir e, quando isso acontece, notam mudanças significativas na saúde e no humor, porém não relacionam com a diminuição da testosterona.

Características de baixa produção de testosterona

  • Depressão
  • Disfunção erétil
  • Baixo conteúdo de espermatozoides
  • Aumento das glândulas mamárias
  • Diminuição do tamanho do pênis.

Causas da diminuição da produção de testosterona

As principais causas da diminuição de testosterona são as seguintes:

  • Lesão testicular
  • Quimioterapia
  • Transtornos hormonais
  • Enfermidades crônicas

Como saber quanta testosterona um homem produz

Para medir a quantidade de testosterona que um homem produz são necessários exames clínicos, com os quais é possível aferir com exatidão a quantidade deste hormônio.

A forma de medir a produção de testosterona é através de um exame de sangue, onde o médico pode determinar os níveis de testosterona presentes na corrente sanguínea.

O médico que se encarrega de medir a produção de qualquer hormônio no organismo é o endocrinologista, ele saberá em que deve se basear para determinar a quantidade deste hormônio produzido no corpo.

Como aumentar os níveis de testosterona

Se o médico determinar que os níveis deste hormônio estão muito baixos, ele se encarregará de recomendar os tratamentos adequados para que a produção aumente.

Os tratamentos mais comuns para aumentar os níveis de produção de testosterona são:

  • O uso local de gel
  • Injeções de hormônios
  • Suplementos naturais

Estes são os mais recomendados por especialistas, porém nada impede que inicie com os tratamentos naturais que inclua alimentação rica em proteínas, suplementos naturais que estimulem a produção deste hormônio e exercícios físicos de alto impacto.

Conclusão

Saber quanta testosterona é produzida pelo homem é uma necessidade para poder detectar se existem problemas de algum tipo no organismo.

Se houver alguma suspeita de que, por algum motivo, os níveis deste hormônio sofreram alguma diminuição, é necessário visitar um médico especialista para descobrir os motivos e iniciar o tratamento adequado.

Qual é o melhor precursor da testosterona sem a necessidade de químicos?

Para sabermos qual é o melhor precursor da testosterona, primeiro necessitamos conhecer a razão pela qual queremos aumentar os níveis deste hormônio. A testosterona é o hormônio mais importante do grupo de andrógenos. Este hormônio se encarrega principalmente da sexualidade e dos recursos masculinos mais significantes e importantes.Qual é o melhor precursor da testosterona

Quais são as funções da testosterona?

Este hormônio andrógeno se encarrega principalmente de manter e estimular o impulso sexual do homem, além de regular a produção de esperma. Ele interfere também no estímulo constante do metabolismo e da formação óssea do homem.

Em outras palavras, a testosterona no homem desempenha o papel principal em cada etapa da sua vida. Desde a concepção até a idade adulta, a testosterona regula cada característica do homem. É por isso que se a produção diminuir acabará afetando toda sua vida.

Consequências da diminuição da testosterona

As principais consequências quando os níveis de produção de testosterona baixam são:

  • Debilidade
  • Problemas de fertilidade
  • Disfunção erétil
  • Depressão

Existem métodos diferentes para aumentar seus níveis, por isso falaremos sobre qual é o melhor precursor da testosterona.

Quando nos referimos aos precursores naturais, o melhor é utilizar suplementos alimentícios orgânicos. Estes não alteram a saúde e nem contêm químicos nocivos.

Como aumentar os níveis de testosterona naturalmente

Para que os níveis de testosterona aumentem naturalmente, são necessários diversos ajustes e algumas mudanças na rotina diária, tanto na alimentação como na quantidade de atividade física que é praticada diariamente.

Descansar

O descanso é um dos requisitos mais importantes para todas as funções do organismo, por isso é necessário um descanso reconfortante e reparador para assegurar que a produção de testosterona esteja em pleno funcionamento.

Aumentar o consumo de proteínas

Quando se consome uma quantidade moderada de proteínas, a síntese do hormônio anabólico é estimulada e, desta forma, libera pequenas quantidades de testosterona.

Quando existe algum problema digestivo, é necessário regular e agir com moderação no consumo de proteínas, já que isso pode gerar maiores transtornos.

Aprender a relaxar

Hoje em dia, o ritmo de vida dos homens pode ser sumamente acelerado, isso faz com que a produção de testosterona atrofie. É importante que se consiga um equilíbrio entre o estresse e as responsabilidades.

Aprender técnicas de relaxamento pode ser extremamente benéfico para os homens, pois desta maneira ajudam na obtenção de uma produção de testosterona constante e saudável.

Exercícios de alto impacto

Os exercícios de alto impacto são aqueles que demandam uma quantidade de energia e força na hora da sua prática. Já ficou comprovado que quando o corpo está neste momento de tensão e aceleração, existe a liberação de pequenas quantidades de testosterona.

Conclusão

Como podem notar, existem muitas maneiras de acelerar a produção de testosterona, porém quando técnicas diferentes são utilizadas em combinação, é possível obter melhores resultados.

Portanto, em resposta à questão: Qual é o melhor precursor da testosterona? Depende de cada indivíduo, já que somente eles podem saber qual é o método mais conveniente e qual tem sido mais efetivo nos desempenhos pessoais.